Troque o tablet do seu filho por um instrumento musical nesse dia das crianças!



É verdade que a tecnologia é parte importante de nossas vidas e, inevitavelmente, da vida das crianças. Mas é justamente por conta de todas as facilidades e atalhos que ela oferece, além da alta dependência que ela cria, que precisamos buscar o equilíbrio ao expor os pequenos a smartphones e tablets.


Oferecer telas para acalmar, ou mesmo buscando estimular os filhos, é uma estratégia adotada por muitos pais atualmente. Dentro desse contexto, as brincadeiras ao ar livre e atividades manuais ficam cada vez mais esquecidas.


O neuropsicólogo espanhol Álvaro Bilbao contesta essa forma de criação em seu livro "El Cerebro del Niño explicado a los padres" (O cérebro da criança explicado aos pais - em tradução livre) e dá uma outra solução: quer criar crianças mais inteligentes? Substitua os tablets por instrumentos musicais!


Bilbao explica que as aulas de música estimulam a capacidade de raciocínio das crianças mais do que a tecnologia. Além disso, os pais têm um papel importante na inteligência de seus filhos, que é determinada em parte pelos genes, mas também em grande parte pelos estímulos que as crianças recebem.


“A chave do desenvolvimento do cérebro da criança está na sua relação com os pais e com o mundo que a cerca. Ainda que a genética tenha um peso importante, sem essa interação, o potencial genético não se materializa”, diz Bilbao.





Algumas estratégias defendidas por especialistas para o melhor desenvolvimento infantil:


  • Estudar música

Pesquisadores da Universidade de Toronto realizaram um estudo, publicado na revista Psychological Science, que relacionou o desenvolvimento cognitivo com a aprendizagem de música. Para a pesquisa, três grupos de crianças de seis anos estudaram, separadamente e durante um ano, canto, piano e expressão dramática. As crianças que se dedicaram a estudar música foram as que mostraram maiores padrões de inteligência.


  • Menos TV, mais brincar

TV, tablet e smartphones são um estímulo muito fácil (e excessivamente cativante) para crianças. A profusão de sons e cores num ritmo acelerado hipnotiza e entretém, mas não deixa muito espaço para a imaginação e exploração. Não há nada melhor para estimular o cérebro de uma criança do que brincadeiras e atividades lúdicas. Inclusive, de acordo com a Associação Americana de Pediatria, crianças com menos de dois anos não devem ter contato com televisão.


  • Ler histórias com os pais

Reservar um momento do dia para ler com seu filho(a) é uma experiência enriquecedora pra você e para ele(a), e ajuda a cultivar na criança, desde cedo, o hábito da leitura.

A prática fica ainda melhor quando a criança participa ativamente. Por exemplo: o pai lê uma página e o filho outra, e assim sucessivamente. De acordo com um estudo canadense, este método ajuda as crianças a melhorarem sua capacidade de aprendizagem.


Viu só? Quer dar um presentão pros seus filhos nesse dia das crianças? Aposte em um passeio legal, muita presença e, é claro, aulas de música :)



Fonte

18 visualizações

Copyright©2017 - Music House Centro Musical  |  (15) 3232-4445 - Sorocaba/SP  |  Desenvolvido por Oddy_ Branding